17.5.13

Wishlist Literária


Livros nunca são demais, não é mesmo? Sempre tem um novo que eu vejo e quero muito comprar, e elas vão para minha wishlist literária, que todo mundo que lê bastante tem. Hoje trouxe para vocês minha atual wishlist com os livros que eu mais quero comprar e ler, e uma tag literária no final.



O Teorema de Katherine - John Green
Após seu mais recente e traumático pé na bunda - o décimo nono de sua ainda jovem vida, todos perpetrados por namoradas de nome Katherine - Colin Singleton resolve cair na estrada. Dirigindo o Rabecão de Satã, com seu caderninho de anotações no bolso e o melhor amigo no carona, o ex-criança prodígio, viciado em anagramas e PhD em levar o fora, descobre sua verdadeira missão: elaborar e comprovar o Teorema Fundamental da Previsibilidade das Katherines, que tornará possível antever, através da linguagem universal da matemática, o desfecho de qualquer relacionamento antes mesmo que as duas pessoas se conheçam.Uma descoberta que vai entrar para a história, vai vingar séculos de injusta vantagem entre Terminantes e Terminados e, enfim, elevará Colin Singleton diretamente ao distinto posto de gênio da humanidade. Também, é claro, vai ajudá-lo a reconquistar sua garota. Ou, pelo menos, é isso o que ele espera.





A Probabilidade Estatística do Amor a Primeira Vista - Jennifer E. Smith
Quem imaginaria que quatro minutos poderiam mudar a vida de alguém? Mas é exatamente o que acontece com Hadley. Presa no aeroporto em Nova York, esperando outro voo depois de perder o seu, ela conhece Oliver. Um britânico fofo, que se senta a seu lado na viagem para Londres. Enquanto conversam sobre tudo, eles provam que o tempo é, sim, muito, muito relativo. Passada em apenas 24 horas, a história de Oliver e Hadley mostra que o amor, diferentemente das bagagens, jamais se extravia.












Confissões de uma Groupie - Pamela Barres
Pamela já se divertiu com Mick Jagger, desfilou com Jim Morrison a tiracolo, deu o cano em Elvis Presley, teve casos com Keith Moon e Noel Redding e viajou com o Led Zeppelin como namorada de Jimmy Page. Esta obra é um retrato vivo da cena rock and roll, descrito com verve por uma das mulheres mais quentes e espirituosas, que soube viver e contar.




Êxtase - Lauren Kate

No quarto e último aguardado livro da série Fallen, Luce e Daniel estão juntos e parece que nada mais vai separá-los. O problema é que o destino amaldiçoado de uma mortal e de um anjo caído promete surpresas.



















Apaixonados - Lauren Kate
A história de Luce e Daniel comprova a possibilidade do amor eterno. Mas a vida do casal não representa o único tipo de amor possível. Em "Apaixonados", Lauren Kate se inspirou nas histórias recebidas pelos fãs ao longo do processo de publicação dos três primeiros volumes da série – "Fallen", "Tormenta" e "Paixão". Situado em um momento entre os acontecimentos de "Paixão" e de "Rapture" — último volume da série —, "Apaixonados" é um passeio por diferentes paixões através do tempo, aproximando os leitores das histórias de Miles, Shelby, Roland e Ariane.













Os Virgens Suicidas - Jeffrey Eugenides
Num típico subúrbio dos Estados Unidos nos anos 1970, cinco irmãs adolescentes se matam em sequência e sem motivo plausível. A tragédia, ocorrida no seio de uma família que, em oposição aos efeitos já perceptíveis da revolução sexual, vive sob severas restrições morais e religiosas, é narrada pela voz coletiva e fascinada de um grupo de garotos da vizinhança. O coro lírico que então se forma ajuda a dar um tom sui generis a esta fábula da inocência perdida.
Adaptado ao cinema por Sofia Coppola (filha do cineasta Francis Ford Coppola e prima do ator Nicolas Cage), publicado em 34 idiomas e agora em nova tradução, o livro de estreia de Jeffrey Eugenides logo se tornou um cult da literatura
norte-americana contemporânea. Não por acaso: essa obra de beleza estranha e arrebatadora, definida pela crítica Michiko Kakutani como “pequena e poderosa ópera no formato inesperado de romance”, revela-se ainda hoje em toda a sua atualidade.



Um Lugar na Janela - Martha Medeiros
Em "Um lugar na janela", a cronista Martha Medeiros abre espaço para a viajante. Aqui não há nada inventado, tudo aconteceu de verdade: as melhores lembranças, as grandes furadas ainda em tempos pré-internet, as paisagens de tirar o fôlego. A autora de Feliz por nada compartilha com seus leitores as mais afetuosas memórias de viagens feitas em várias épocas da vida, aos vinte e poucos anos e sem grana, depois, já mais estruturada, mas com o mesmo espírito aventureiro, e com diversos acompanhantes: as amigas, o marido, as filhas, o namorado, não importa a companhia, vale até mesmo viajar sozinha. Com o mesmo estilo pessoal das crônicas, Martha Medeiros transmite aquilo que de melhor se leva de uma viagem: as recordações. É como deixar-se perder num lugar novo – pode ser uma mochilagem pela Europa, uma aventura em Machu Picchu, uma temporada no Chile, poucos dias no Japão – para depois se reencontrar consigo mesma.
Um lugar na janela é um convite para deixar de lado a comodidade do sofá, as defesas e embarcar junto com Martha. O bom viajante é aquele que está aberto a imprevistos, ou seja, a viver.



O Segredo de Jasper Jones - Craig Silvey
Numa noite quente de verão, no final de 1965, Charlie Bucktin é acordado por batidas insistentes na janela de seu quarto. O visitante é Jasper Jones, um pária na pequena cidade de Corrigan. Rebelde e solitário, Jasper encarna a imagem do perigo e do mistério para Charlie. Portanto, quando Jasper implora sua ajuda, Charlie o acompanha furtivamente pela noite, apavorado mas desesperado para impressionar. Jasper conduz Charlie até uma clareira secreta no mato, e é ali que o garoto testemunha a terrível descoberta de Jasper.
Carregando o pesado fardo daquele segredo, Charlie precisa enfrentar uma cidade desconfiada, dominada pelo pavor. No escaldante verão em que tudo acontece, ele discute com sua impetuosa mãe, apaixona-se nervosamente e luta para manter a integridade de seu fervoroso melhor amigo, Jeffrey Lu. E, na vã tentativa de reparar o que havia se quebrado, aprende a diferença entre mito e realidade, entende por que mentiras bem-intencionadas são como uma maldição e descobre que a verdade é algo difícil de se reconhecer, e ainda mais difícil de se manter no coração.


O Lado Bom da Vida - Matthew Quick
Pat Peoples, um ex-professor de história na casa dos 30 anos, acaba de sair de uma instituição psiquiátrica. Convencido de que passou apenas alguns meses naquele “lugar ruim”, Pat não se lembra do que o fez ir para lá. O que sabe é que Nikki, sua esposa, quis que ficassem um "tempo separados". Tentando recompor o quebra-cabeças de sua memória, agora repleta de lapsos, ele ainda precisa enfrentar uma realidade que não parece muito promissora. Com seu pai se recusando a falar com ele, sua esposa negando-se a aceitar revê-lo e seus amigos evitando comentar o que aconteceu antes de sua internação, Pat, agora um viciado em exercícios físicos, está determinado a reorganizar as coisas e reconquistar sua mulher, porque acredita em finais felizes e no lado bom da vida. À medida que seu passado aos poucos ressurge em sua memória, Pat começa a entender que "é melhor ser gentil que ter razão" e faz dessa convicção sua meta. Tendo a seu lado o excêntrico (mas competente) psiquiatra Dr. Patel e Tiffany, a irmã viúva de seu melhor amigo, Pat descobrirá que nem todos os finais são felizes, mas que sempre vale a pena tentar mais uma vez. Um livro comovente sobre um homem que acredita na felicidade, no amor e na esperança.



A tag eu peguei do Two Bee (blog lindinho, visitem), é sobre hábitos literários (alguns dela eu mantive na lista porque eu faço isso mas nunca teria capacidade de lembrar deles)

-Adoro personalizar marcadores. Surrupio vários na livraria e personalizo todos eles
-Geralmente nas férias eu fico lendo das 2 até as 8 da manha e termino um livro de 600 páginas em 2, 3 dias  (quando eu gosto muito)
-Não consigo ler dois livros de uma vez. Confundo a história e os personagens
-ODEIO emprestar livros. Nem peça. Só se você for uma pessoa que eu amo muito
-Costumo levar o livro comigo aonde vou.
-Sou muito fresca com qualquer marquinha nos meus livros.
-Gosto muito de capítulos de livros que começam com uma poesia ou frase.
-Sempre leio sinopse e orelhas dos livros e  prólogos/introduções antes de começar a ler o primeiro capítulo.
-Nem vejo o tempo passar quando estou em livrarias/lendo.
-A capa e/ou o título do livro é a primeira coisa que me faz ter vontade de lê-lo. Se um dos dois for muito interessante, leio a sinopse e as orelhas. Aí leio algumas resenhas na internet e se eu gostar, anoto no meu caderninho de wishlist literária.
-Nunca lembro direito quais livros estão na minha wishlist quando vou na livraria e não sei o que comprar.
-Odeio pessoas que mudam meu marcador de lugar no livro e se acham muito engraçados por isso. Essas pessoas tem um lugar especial no lado negro do meu coração.
-Nunca uso as orelhas para marcar páginas do livro.
-Não gosto de ler no computador/celular
-Adoro ganhar livros de presente
-Adoro sebos, mas quase morro lá dentro por causa da rinite/sinusite/seiláoqueeutenho
-Gosto de ler livros que inspiraram filmes antes de assistir ao filme.
-Os livros na minha estante estão organizados por data de leitura e mais ou menos por tamanho
-Adoro livros de capa dura.
-Sempre que termino de ler um livro, escrevo a data na folha de rosto
-Consigo ler com barulho
-As vezes, quando está acontecendo alguma coisa muito interessante no livro, eu leio algumas linhas para baixo pra saber logo o que vai acontecer. Odeio esse hábito porque quase sempre eu estrago a surpresa da história
-Nunca pulo partes chatas dos livros, nem longas descrições.
-Não gosto de comer nem beber quando estou lendo.
-Tenho preconceito com livros de auto ajuda.
-Não consigo ler durante o dia. Leio a noite antes de dormir.
-Gosto de ler um livro que algum amigo também esteja lendo. Para conversar sobre eles durante a leitura.
-Gosto de dar livros de presente. Com dedicatória.
-Gostaria de ter mais amigos e parentes que leem para dar mais livros com dedicatória de presente.
-Quando termino um livro bom eu sempre quero falar dele para alguém

Eu indico essa tag pra todos que quiserem faze-la.

É isso então amores! Beijos

2 comentários :

  1. Adoro o Livro:"O Teorema Katherine".
    Muito legal o seu blog florzinha.
    Da uma passadinha no meu?Gostaria muito que você fosse membro dele querida.Beijão e ótima postagem!

    http://mundo-desonhadores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...