20.2.14

Resenha do filme: As Vantagens de ser Invisível



Oi meninas, tudo bem? Espero que sim!

Hoje vim trazer a resenha do filme "As Vantagens de Invisível", que para mim particularmente é um dos melhores! E vocês gostaram também? Me contem!

Bom, não é do meu costume ver filmes baseados em livros sem ao menos antes ler o livro. Mas dessa vez foi diferente, minhas amigas me falavam desse filme todos os dias, e as vezes até me irritava. Eram sempre os mesmo comentários: “Nossa amiga, como o Logan é lindo!” ou “A Emma é uma super atriz, igual a ela não tem igual!”.
Mas enfim, vamos para a resenha...


ATENÇÃO: Esse post contém spoilers

Vendo de perto os acontecimentos logo notei que houve um trauma recente na vida de Charlie que foi um fator desencadeante de uma crise. O suicídio de seu único amigo. Para mim ficou uma impressão de que Charlie entrou em um processo de quase psicose e que sua família foi essencial para que ele conseguisse se "estabilizar" e poder continuar com a escola.

Porém as pressões foram tantas que apenas o apoio da família não seria suficiente, por isso o papel de Sam e Patrick foi mais que essencial. Charlie pôde se sentir parte de algum grupo, mesmo que fosse o dos "desajustados" e a necessidade de ser aceito é inerente a qualquer ser humano, já que somos seres sociais.



Ele se apaixona por Sam, embora não saiba como expressar esse amor. Senti que Charlie entendia o amor como uma completa dedicação a felicidade do outro, negando a si mesmo, como se não fosse merecedor de receber sua parte de afeto numa relação. A frase do professor: "aceitamos o amor que julgamos merecer" acabou fazendo uma ponte com o que já havia dentro de Charlie e ele tomou isso como uma verdade para si.

Porém havia uma questão em aberto para mim: porque Charlie, tendo uma família unida e com estabilidade, possuía uma mente tão propensa a psicotizar? 

Num dos flashbacks eu consegui entender. Charlie reprimira algo muito profundo, uma lembrança que passou por um mecanismo de defesa muito forte de repressão e voltou a sua psiquê como formação reativa. 



Vou explicar: Ele amava a tia Helen, considerava-a sua pessoa favorita no mundo todo. Mas, essa mesma pessoa o abusou quando criança. Charlie então reprimiu a lembrança e, quando sua tia morreu, sentiu um profundo pesar, quando na verdade ele queria que ela morresse para se livrar do abuso. Acontece que sua mente não suportou esse culpa e transformou esses sentimentos em seu oposto, guardando tudo em seu inconsciente até que enfim, um trauma grande, a morte do amigo, abriu a caixa de pandora.

Nas cenas finais, quando ele liga para Elena, ops, Candice, e diz que ele tinha causado a morte da tia, essa culpa pelo desejo ficou muito evidente para mim. Após a crise e a lembrança do abuso, Charlie pôde ter o apoio de sua família e dos verdadeiros amigos para entender a si mesmo e passar por tudo com êxito.
As vantagens de ser invisível é um filme que deve ser assistido por todos, pois eu acredito que qualquer um que se deparar com essa obra de arte, será tocado de alguma forma.


Lembre-se sempre que:




É isso amores, espero que tenham gostado! Beijos, até a próxima!



Um comentário :

  1. Eu assisti esse filme e amei. Todos estão atuando muito bem, e é tudo quem você disse, realmente. Eu ainda não li o livro, mas quero comprar o mais rápido possível.
    Kiss ~
    sibeleekpop.blogspot.com

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...